Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Magistrado recebe moção de aplausos da Câmara Municipal
Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Magistrado recebe moção de aplausos da Câmara Municipal

Magistrado recebe moção de aplausos da Câmara Municipal

por adm publicado 05/09/2018 16h45, última modificação 08/09/2018 15h53
4 de setembro de 2018

Na sessão ordinária desta segunda-feira (03), a Câmara Municipal prestou uma singela homenagem ao juiz de direito, Alexandre Delicato Pampado, titular da Vara Criminal e diretor da comarca de Primavera do Leste, durante o período de Grande Expediente. Além disso, os vereadores e vereadoras utilizaram a tribuna para falar sobre diversos assuntos, entre eles, o trânsito e as eleições de 2018.

Honraria – A vereadora Iva Viana (PDT) comentou da Moção de Aplausos entregue ao juiz de direito da Vara Criminal de Primavera do Leste, Alexandre Delicato Pampado. Segundo a parlamentar, a honraria, que é uma indicação de sua autoria e dos vereadores Carmen Betti (PSC) e Juarez Barbosa (PDT), tem o  objetivo de homenagea-ló devido ao trabalho que desenvolve de grande relevância a todos munícipes sem esquecer o lado social. “Em mais de dois anos em Primavera do Leste tem contribuído muito pelo progresso desse município, prestando serviços incansavelmente para o desenvolvimento desta cidade, como representante do poder Judiciário tanto como diretor do Fórum ou como Juiz de direito da Vara Criminal de Primavera do Leste. A presente homenagem se faz válida por suas relevantes e continuas atuações em prol do desenvolvimento de nosso município”, salientou. Iva Viana, na oportunidade, defendeu uma indicação de instalação de uma rampa de acessibilidade para cadeirantes na Rua Piracicaba em frente ao Salão Paroquial São Cristóvão. “Nosso município é desenvolvido e precisamos olhar com atenção para acessibilidade. Hoje, tenho um filho cadeirante e enfrentamos dificuldade diariamente. Neste final de semana, fomos a um evento no Salão Paroquial e tivemos uma grande dificuldade para encontrar uma rampa. Sei que assim como eu, muitas outras pessoas, sofrem com a falta de acessibilidade. Vou continuar lutando por essa causa”.

Eleições – O vereador Luis Costa (PR) criticou a conduta do prefeito Leonardo Bortolin (MDB). Ele pediu para o chefe do Executivo explicar a população de que lado está nesse pleito eleitoral. “Com quem ele está? Ele precisa decidir. Como disse no meu último discurso, o amor por Primavera do Leste, tem que sair das praças e das flores. Ele precisa decidir com que deputado está. Não estou cobrando apoio do prefeito e nem quero. Sei que ele está andando com o Miley, mas ele está apoiando o candidato de nosso município ou a Janaina Riva? O que é mais conveniente para ele. Ter amor por Primavera é investir em alguém que seja daqui. Temos condições de eleger dois deputados. Quem sabe se tivéssemos representante em nível de Estado a gente não teria um atraso em repasse de mais de R$ 6 milhões, na área da saúde. Os recursos poderiam chegar aqui, mas precisamos deixar os interesses pessoais de lado e pensar no nosso município, senhor prefeito. Os seus parceiros estão descontentes. O senhor desprezou pela ganância ao poder, aqueles que te ajudaram a chegar onde está. Então, peço que o senhor se explique. De manhã está com um deputado e no período da tarde com outro? O senhor está achando que tem essa moral toda? Por onde passo as pessoas não querem saber de ‘tapinha’ nas costas, elas querem ação que resolvam os problemas, como na área de saúde, por exemplo. Tem pessoas que estão em filas de espera há anos, inclusive, por exames de média e alta complexidade, que tem haver com o Estado, mas se o senhor tivesse amigo, que está no poder, poderia nos auxiliar aqui. Por isso, cobro que venha a público e diga de que lado está: dos amigos de festa ou da população primaverense. Decide que fica mais bonito. Assim o senhor prova que tem palavra de homem, porque já provou não ter palavra”, criticou.

Educação – O vereador Paulo Márcio (DEM) comentou que prestigiou na escola Carlos Drummond de Andrade uma apresentação de teatro. O parlamentar, na oportunidade parabenizou a equipe da unidade escolar e a Secretaria de Cultura. “O trabalho desenvolvido por você, diretor Valdeci e, pelos professores da unidade escolar é de grande significância para os alunos. Sempre buscando incentivar e interagir com os alunos da zona rural, seja por meio de espetáculos ou em eventos que estão ligados a educação. Você está à frente da gestão pela tua capacidade e competência. Tem representado muito bem a comunidade escolar. Parabéns”, salientou.

Gaúcho – O vereador Paulo Donin (PSB) comentou do trabalho realizado pelo diretor Valdeci e a coordenadora Solange, no colégio Carlos Drummond de Andrade. Segundo ele, são profissionais que atuam na comunidade do Gaúcho, há mais de 15 anos, realizando um trabalho de grande significado. “São duas pessoas de tirar o chapéu. Duas pessoas que estão atuando na comunidade e todos os dias saem de Primavera de madrugada. Vocês estão de parabéns. São excelentes profissionais”, afirmou.

 

Trânsito – O presidente da Câmara, Miley Alves (PV), salientou a necessidade da reformulação do trânsito em Primavera do Leste. Segundo o parlamentar, há quase dois anos, eles começaram um trabalho de pesquisa, onde foram até a cidade de Maringá buscar referência de planejamento em trânsito. “O trânsito de Primavera do Leste não é seguro e precisa ser reformulado. Ele está cada vez mais caótico. Por isso, temos cobrado a contratação de um empresa especializada para realizar um estudo de mobilidade urbana e fazer um planejamento em longo prazo, porque nossa cidade cresce a cada instante”, ressaltou.

 

Bairros – O vereador Kinha Juriti (PV) mencionou as obras para a instalação de drenagem de água pluvial na Avenida Campo Grande. Conforme o parlamentar, esse trabalho de buscar recursos, é um mérito do Executivo e dos nobres vereadores. Na ocasião, ele também pediu ao prefeito Leonardo Bortolin (MDB) que dê uma atenção especial aos bairros do município. “Eu sou um defensor dos bairros, porque é lá que estão as pessoas que realmente necessitam do Poder Público. Para mim, o que está sendo feito nos bairros é tipo varrer e jogar a poeira para debaixo do tapete. Não sou contra as ações que tem sido realizada na área central, mas peço que o Poder Executivo olhe mais para os nossos bairros e leve o progresso”, disse.

Eleições 2018 – O vereador Antônio Marcos, o Piru, (PP), disse que não vai deixar de enfrentar o sistema da canalhice, da sacanagem e da indução de pessoas que usam desse momento político para matar qualquer gestor. “A maioria das lideranças de nosso município optaram pelo novo, pelo menino, pelos meninos. Não podemos usar desse momento eleitoreiro para tentar matar o menino. Isso é irresponsabilidade”, disse.

Reformulação – O vereador Carlos Instrutor (PSD) comentou de uma reunião realizada na última quinta-feira, no Conselho Municipal de pessoas com deficiência. Na oportunidade, segundo o parlamentar, foi discutido sobre a questão das rampas para cadeirante e vaga de estacionamentos. “Acredito que com o estudo de mobilidade urbana auxiliará muito na reformulação do trânsito e o prefeito tem mostrado interesse pela causa, pois ele entende que é necessário modificar o nosso trânsito, pois está cada dia mais caótico”.

LUTA – A vereadora Carmen Betti (PSC) parabenizou a Associação de Mulheres Independentes Gerando Amor e Solidariedade (A.M.I.G.A.S), pela conferência realizada na última sexta-feira, que teve o objetivo de discutir políticas públicas voltadas para mulheres, questões de gêneros e violência infrafamiliar. Dentro desse contexto, ela reforçou as várias indicações apresentada pela bancada feminina ao Executivo Municipal. “Quero pedir ao prefeito que dê uma atenção especial a indicação que fizemos de ter em nosso município uma casa de apoio para as mulheres vítimas de violência”. Ainda na ocasião, a parlamentar comentou da necessidade da implantação da clinica da mulher no município.

PATRÍA – A vereadora Edna Mahinc (PT) discursou sobre a semana da pátria, pois no dia 07 de setembro comemoramos a independência do Brasil. “Desde nossa infância, na escola, no ensino fundamental e no médio, pudemos ver nas lições de história a narração do ato de bravura de Dom Pedro I, indignado com os abusos de Portugal com Brasil colonial e teria gritado independência ou morte. Na verdade, a independência veio depois de muito enfretamento contra o exercito português nas diversas províncias. Ocorreram revoltas na Bahia, no Paraná e em diversos estados, todos a favor da autonomia do Brasil e contra os soldados de Portugal. A nossa divida interna começou no dia em que foi declarado a nossa independência, em 1822, quando Portugal havia contratado empréstimo junto a Inglaterra para financiar a luta contra a independência do Brasil. Eles perderam e nos empurraram a divida.  A essa altura não importa se Dom Pedro comprou a independência o fato é que essa divida cresce até os dias de hoje. E por incrível que pareça impede o Brasil de construir escolas, estradas, hospitais, fazer concurso para nomeação de professores, policiais”, frisou.

Mídias Sociais

Facebook   Youtube Esta imagem é referenciada nos conteúdos do portal.

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo site?

Sim, gostei
Não gostei
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 73