Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Renato Cozanelli faz críticas à Águas de Primavera por causa da falta de Água no município

Renato Cozanelli faz críticas à Águas de Primavera por causa da falta de Água no município

por Marcos Arruda publicado 26/08/2021 08h51, última modificação 26/08/2021 08h51

                Conforme previsto no acordo firmado esse ano entre o Poder Executivo de Primavera do Leste e o Ministério Público (MP) local, episódios de falta de água não deveriam mais acontecer para os moradores da cidade. Muitos vereadores estão recebendo reclamações e, somente o vereador Renato do Sindicato Rural está recebendo mensagens sobre esse assunto há mais de 10 dias, conforme disse em tribuna na Sessão Ordinária da última segunda-feira (23).

                Para ele, Primavera do Leste é um bom município para se administrar, “temos aqui pessoas que saem de suas regiões para desenvolver suas atividades econômicas aqui, local de terras férteis, que mesmo diante de uma pandemia consegue apresentar índices favoráveis e positivos. Mas temos uma situação que não é compatível diante dessas características, e não conseguimos dar uma resposta para a população, que é a Águas de Primavera”, comentou o parlamentar.

                Renato aponta que as respostas que vêm sendo apresentadas pela empresa com relação a falta de água não estão sendo cumpridas. E reforçou que a Câmara de Vereadores não participou e nem aprovou o acordo firmado entre o MP e o Executivo, onde o contrato com a mesma empresa que abastece a cidade foi prorrogado por mais 10 anos.

                “Essa Casa precisou aprovar a concessão da empresa lá no início, agora não precisa aprovar a prorrogação do contrato? Estamos em processo de concessão da empresa que vai fazer nossa coleta de lixo. Será que vai acontecer como a Àguas de Primavera?”, questionou o vereador.

 

INDEPENDÊNCIA INDÍGENA

 

                Renato também elogiou o Projeto Independência Indígena, em alusão ao evento que reuniu produtores rurais indígenas, que ocorreu no último sábado (21). Esse projeto dá oportunidade para os indígenas utilizarem de suas terras para a produção agrícola, amparados pelo Governo Federal. Cozanelli acredita nessa ideia e espera que possam ter as mesmas oportunidades dadas aos outros seguimentos, como liberação de créditos para financiar a atividade, visando a capacidade de produção que os índios têm.

Combate ao COVID-19

Colabore no combate ao COVID-19

Siga as nossas redes sociais

Facebook  YouTube  Instagram

Acompanhe o processo legislativo da Câmara

SAPL

Ouvidoria

Ouvidoria

Transmissões ao vivo - Clique para assistir

YouTube-libera-transmissão-de-vídeo-ao-vivo-pelo-celular – Sitre – Simpósio  Internacional