Vereadores ouvem moradores da BR 070

por DRIELY PINOTTI publicado 06/06/2019 17h39, última modificação 06/06/2019 17h39
06 de Junho de 2019

Os vereadores da Câmara Municipal de Primavera do Leste foram procurados, na manhã desta quinta-feira (06) pelas famílias que moram ás margens da rodovia BR-070, após os moradores receberem mais uma notificação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para deixarem a área de domínio federal, para que as obras da rodovia sejam retomadas. A Prefeitura Municipal, dentro do que compete ao município, ofereceu aos moradores um auxílio aluguel pelo período de seis meses, no valor de R$ 550,00, previsto na Lei nº 1.781, aprovada pelos vereadores no início deste ano. Essa mesma legislação instituiu o projeto ‘Vida Nova’ que autoriza a construção de 48 residências para abrigar essas famílias, cadastradas no setor de habitação até 2015.

No entanto, os moradores demonstram insegurança em deixar o local e não serem contemplados com as casas do projeto Vida Nova. Conforme Mônica Vaz dos Santos, que mora no local há 15 anos, “recebemos uma notificação da Secretaria de Assistência Social e fomos formalizar o pedido de aluguel, no entanto, fomos informados que ainda não há um prazo concreto para entrega das residências. Com o valor desse auxílio aluguel, a gente não consegue pagar um aluguel, em Primavera. Vamos ter que complementar, mas se nesses seis meses as casas não forem entregues, como vamos ficar?”

Conforme o presidente da Câmara Paulo Márcio (DEM), esse é um problema que se arrasta há anos e, o Legislativo, tem uma grande preocupação com essa situação de cunho social. Ele lembrou que os vereadores tiveram uma atenção especial quando a Lei do Projeto ‘Vida Nova’ tramitava na Casa, “pois entendemos que as famílias que vivem naquela região estão em condição de vulnerabilidade social e enfrentam situações de risco, diariamente, principalmente a falta de segurança”.

A vereadora Carmen Betti (PSC) salientou que não há como fingir que o problema não existe, mas é que preciso buscar uma solução. “São famílias vivendo em desconforto. Vejo um grande esforço do Executivo e Legislativo em resolver essa situação e, é preciso essa segurança da moradia, para que eles se sintam seguros em deixar o local”.

Para o vereador Luis Costa (PR) o retorno dessa obra, esperada pela população primaverense há anos, é de extrema importância. “Vamos melhorar muito a nossa trafegabilidade e dar mais segurança aos motoristas e para a população, no entanto, precisamos resolver essa questão social, dos moradores das margens para que não haja prejuízos”.

Em busca de encontrar uma solução, outra reunião com representantes dos moradores, prefeito e secretária de assistência social deverá ser agendada para encontrar a solução que o caso requer.